CARGA INCIAL POR EXEMPLOS

Fazendo uma carga direta com tabelas de colunas diferentes e filtrando dados.

REPLICADOR
—————————–

Primeiramente crie o arquivo de parametros para um replicador de carga inicial

=============================>>> REPORT <<<===============================
replicat repcarga
SETENV (ORACLE_SID = “COMP”)
userid ggcomp@comp, password oracle
–handlecollisions
discardfile ./dirrpt/repcarga.dsc, append
SOURCEDEFS ./dirdef/defgen1.def
MAP hr.ale_col TARGET hr_1.menos_col, & COLMAP (dono=owner,nome=index_name, tipo=index_type,tabela= table_name);
==========================================================================

Após a criação será necessário criar o replicador no Goldengate usando o parametro SPECIALRUN, que indica que ele será rodado somente uma vez e fará
a carga completa da tabela baseada no extrator da origem que veremos logo abaixo.

ADD REPLICAT REPCARGA SPECIALRUN

Observação, um replicador de carga inicial não aparece com o comando info all, e também não podemos fazer o start dele, pois quem fará isso será diretamente o extrator.

O comando abaixo poderá ser usado durante a carga para monitorar o replicador de carga inicial “SPECIALRUN”.

INFO REPLICAT *, TASKS
ou
INFO REPLICAT REPCARGA, TASKS

EXTRATOR
———————

O extrator de carga incial não usa pump nem gera trail files, ele inicia automaticamente o replicador do destino e passa a enviar diretamente os dados para ele, por esse
motivo, no arquivo prm, são inseridos dados do destino como:  ip “RMTHOST”,  porta “MGRPORT” e REPLICADOR “GROUP”.

O prm do extrart de carga inicial ficara da seguinte forma:

================================================================>>> EXTRACT <<<=====================================================================
EXTRACT extcarga
USERID ddl_ogg, PASSWORD ddl_ogg
RMTHOST 10.0.2.15, MGRPORT 7890
RMTTASK replicat, GROUP repcarga
table hr.ale_col , FILTER (@STRFIND (OWNER, “HR”) > 0) FILTER (@STRFIND (INDEX_TYPE, “NORMAL”) > 0) FILTER (@STRFIND (TABLE_NAME, “EMPLOYEES”) > 0);
======================================================================================================================================================

No exemplo acima, usamos já na carga incial um filtro em tres campos diferentes, fazendo assim com que a carga seja menor, levando somente os dados necessários para o destino.

O comando abaixo criar o contendo o parametro “SOURCEISTABLE” cria o extract de carga incial dentro do Goldengate:

ADD EXTRACT EXTCARGA, SOURCEISTABLE

Após o inicio do extract, usamos o comando abaixo para monitorar o extrator de carga inicial “SOURCEISTABLE”.

INFO EXTRACT EXTCARGA , TASKS
ou
INFO EXTRACT *, TASKS

Anúncios

Sobre Alexandre Pires

ORACLE OCS Goldengate Specialist, OCE RAC 10g R2, OCP 12C, 11g, 10g , 9i e 8i - Mais de 25 anos de experiência na área de TI. Participei de projetos na G&P alocado na TOK STOK, EDINFOR alocado na TV CIDADE "NET", 3CON Alocado no PÃO DE AÇUCAR, DISCOVER alocado na VIVO, BANCO IBI e TIVIT, SPC BRASIL, UOLDIVEO alocado no CARREFOUR e atualmente na ORACLE ACS atendendo os seguintes projetos: VIVO, CLARO, TIM, CIELO, CAIXA SEGUROS, MAPFRE, PORTO SEGURO, SULAMERICA, BRADESCO SEGUROS, BANCO BRADESCO, BASA, SANTANDER, CNJ, TSE, ELETROPAULO, EDP, SKY, NATURA, ODEBRESHT, NISSEI, SICREDI, CELEPAR, TAM, TIVIT, IBM, SMILES, CELEPAR, SERPRO,OKI,BANCO PAN, etc
Esse post foi publicado em GOLDENGATE e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s